Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Com (o) Sol e Lua

Mabon: Equínocio de Outono

bii yue, 20.09.21

O equínocio de outono ocorre durante os dias 20 a 23 de setembro, onde o dia é igual à noite (tal como no equinócio da primavera). A temperatura e a luz solar diminuem, daí sentirmos menos energia e mais preguiça. É tempo de relaxar e tirar a satisfação dos trabalhos durante o verão, das colheitas e celebrar as alegrias. Porque Mabon marca o fim da vegetação, as colheitas que estão completas, o balanço entre a luz e escuridão, entre o feminino e masculino. 

Começa a época do ano onde as folhas secas que começam a cair e ficam os galhos vazios e desnudos. As árvores e plantas diminuem o gasto de energia para que possam sobreviver ao inverno que se aproxima. Diversos animais procuram e outros hibernam.

Mabon e o Outono convidam a introspeção, a fazer uma reflexão sobre a vida, avaliando o que foi plantado e colhido no ano que passou (relacionamentos, atitudes, pensamentos, projetos, vitórias, derrotas, etc.), agradecer os frutos (bons, maus, o intermédio) provenientes das aprendizagens. É uma celebração de gratidão, usada apenas para agradecimentos e oferendas. Chega o tempo de mudança. Conecta com a natureza e toma consciência dos padrões e ciclos, não só dela mas também do ser humano. Porque nós somos parte do ritmo do universo e também somos esse ritmo. 

São alvos de homenagem, a deusa Mãe, que é o símbolo da Terra, o deus O Gamo, que é tido como o protetor dos rebanhos, da vida selvagem e dos animais. Também é uma altura para honrar os espíritos da Terra e os ancestrais.

Os cristais governados pelo sol trazem mais energia, é das melhores alturas para serem utilizados (quatzo, ambar, periodite, citrine, aventurina, olho de gato).

Símbolos:

Cornucópia (vaso em forma de chifre) - coloca no altar para atrair prosperidade e dentro enche com rosmaninho, tomilho, artemísia, nozes, bolotas, avelãs, maçãs, pinhas, romã, castanhas, velas laranjas e vermelhas, milho, trigo, castanhas, folhas secas.

Métodos de adivinhação - os nórdicos acreditavam que nesta altura o destino era escolhido e selado para o ano que vinha, por isso usavam métodos e rituais para ver se a maneira como se comportavam agradaram aos deuses. 

Margarida - cria uma grinalda, coloca num vaso. O ditado diz que ao respirar a fragância, faz-se a própria sorte e fortuna para os meses escuros adiante. 

Alecrim, sálvia, folhas e cascas, camomila, girassol, trigo, folhas de carvalho, maçã, cesta de grãos, canela em pau, milho, vinhos, chás, sidras.

Actividades:

Preparar pães, bolos, tortas, chás e bebidas (especialmente de maçã)

Realizar rituais em agradecimento à colheita de sua vida

Criar um colar de laranjas e maçãs secas

Fazer uma caminhada ao ar livre e apreciar a mudança das estações. Valoriza os sinais da natureza: nascer e pôr do sol, a mudança de temperatura, o comportamento dos animais, a força do vento, etc.

Contém uma imagem do Pin {{ pinTitle }}

2 comentários

Comentar post